Como gerar escalabilidade nos negócios de impacto?

Este conteúdo é uma parceria Positive Ventures e Me Explica?. Escrito por Diogo A. Rodriguez: jornalista e cientista social; criador do primeiro veículo de jornalismo explicativo do Brasil, o Me Explica? (www.meexplica.com).

A ideia dos negócios de impacto parece muito boa. Mas é possível gerar escalabilidade?

Não só é possível, como essencial que os negócios sejam escaláveis. A ideia desse tipo de investimento é, justamente, causar impactos reais na sociedade e no ambiente, e, ao mesmo tempo, gerar retorno aos investidores. Para que isso aconteça, é preciso que o negócio tenha sucesso e escalabilidade.

E como essa escalabilidade é gerada?

Como em qualquer negócio, é preciso fazer um planejamento minucioso e ajustar o modelo de negócio para que ele seja padronizável e possa funcionar bem em diferentes contextos e situações. As ideias precisam ser testadas e reajustadas conforme o andamento e os resultados apresentados. Todos esses passos são necessários antes de replicar o modelo da empresa. Outro fator importante é a inovação e a tecnologia: a ideia precisa resolver um ou mais problemas criando novas soluções que possam ser abordadas de forma exponencial e gerando escala.

Quando se escala um negócio como esse, o impacto social também escala?

Sim, necessariamente. Não há separação entre os dois, uma vez que se trata de um negócio de impacto social. Seu propósito é conciliar os dois tipos de retorno (social e aos investidores) de maneira paralela.

Que tipos de negócio não podem ser escalados?

Aqueles que são muito restritivos ou que podem ter problemas de regulação e adaptação ao serem implementados em outras localidades e contextos.

Será que existem oportunidades suficientes para que os negócios de impacto cresçam?

Sim. Em um país como o Brasil, que enfrenta diversos desafios sociais e ambientais, existem inúmeras oportunidades. Mas, para além disso, todos os negócios podem e deveriam ter impacto social. Esperamos que, no futuro, essa ideia se aplique a toda a economia, em todos os mercados.

FONTES:

https://sebrae-rs.com.br/economia-criativa/como-ter-escala-e-replicabilidade-em-negocios-de-impacto-social-de-sucesso/

https://thegiin.org/impact-investing/need-to-know/

https://www.rockefellerfoundation.org/blog/impact-investing-how-scale-impact/

A Bcorp investment management firm focused on impact tech and purpose driven entrepreneurship.

A Bcorp investment management firm focused on impact tech and purpose driven entrepreneurship.